Volta às aulas: veja 10 dicas para preparar a lancheira do seu filho para o ano letivo de 2013

Nutricionistas do Grupo Risotolândia falam da importância da alimentação na saúde das crianças em fase escolar

 

A volta às aulas sugere uma mudança importante na rotina e nos horários das crianças. Por isso, é normal que elas se sintam mais cansadas na hora de acordar e ir à escola. Para driblar esta preguiça, nutricionistas recomendam um jantar leve e nutritivo para que a garotada descanse melhor a noite, tendo disposição para a jornada de estudos da semana.
Thinkstock
A nutricionista Ana Carolina Marçal, que coordena o programa de educação nutricional Viva Melhor da Risa Restaurantes Empresariais diz que para que a criança tenha uma alimentação equilibrada, é importante elaborar um cardápio diário para balancear nutrientes essenciais para seu crescimento e desenvolvimento.

 Confira AQUI 10 Sugestões de lanches! 

“O jantar não deve ser excessivo em quantidade, nem rico em alimentos gordurosos, já que estes alimentos podem prejudicar o sono. A refeição da noite deve incluir verduras, tanto crua em forma de salada como cozida. Para que essa verdura se torne mais atrativa, uma boa sugestão que agrada as crianças é cozinhá-la recheada, em forma de espetinho, ou refogada. Os pais devem considerar o jantar uma refeição tão importante quanto o almoço”, acrescenta a nutricionista.
Preparando a lancheira do seu filho
É na idade escolar que a criança aprende os hábitos alimentares que carregarão até a vida adulta. Existem vários alimentos saudáveis que podem ser introduzidos no lanche da escola, como o sanduíche natural sem maionese, frutas in natura, salada de frutas, sucos naturais, frutas secas, vitaminas de frutas, bolos simples enriquecidos com verduras ou frutas, iogurtes e bebidas lácteas.
Para a nutricionista da Risa, a ajuda dos pais no preparo da lancheira estimula a alimentação saudável dos filhos. “O consumo frequente de alimentos pouco nutritivos e calóricos é especialmente prejudicial à saúde de crianças e adolescentes em desenvolvimento. Na hora de preparar a lancheira, os pais devem explicar para os filhos a necessidade de se alimentar bem, tanto em casa como na escola. Não é necessário excluir os lanches mais calóricos, basta estabelecer um acordo e reservar um dia da semana para a cantina”, comenta Ana Carolina.
“Os pais não podem se esquecer de colocar na mochila dos filhos garrafinhas de água, que podem ser preenchidas pelas crianças na escola. Além disso, os lanches devem ser colocados sempre em recipientes térmicos, para que permaneçam frescos e em temperatura adequada. São estes hábitos que garantem às crianças uma alimentação balanceada e uma saúde de ferro”, finaliza a nutricionista do Viva Melhor.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios

Copyrıght 2013 FUEL THEMES. All RIGHTS RESERVED.