Ad
Ad
Ad
     Pela terceira vez este ano, um caso de crime com uso de arma de fogo foi registrado na área de lazer, onde a segurança é feita por apenas 10 PMs. Após prender os assaltantes, a polícia descobriu que eles integram uma quadrilha do Gama com atuação no Plano Piloto

 

A onda de violência assusta os frequentadores do Parque da Cidade. Na noite da última quarta-feira, o servidor público Pedro Oliveira Nascimento, 26 anos, teve o carro, um VW Polo, roubado por dois homens armados na saída do estacionamento 12, próximo ao Quiosque do Atleta. Durante a ação dos bandidos, a vítima conseguiu fugir e acionar a Polícia Militar. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), esse é o terceiro caso de roubo de veículo registrado este ano no Parque.
Na fuga, os suspeitos, um adolescente de 17 anos e Ruan Felipe Fernandes de Jesus Cavalcante, 24, acabaram se acidentando. O veículo subiu no meio-fio da pista que dá acesso à W3 Sul e teve um dos pneus estourado. Quando dois policiais militares em uma viatura se aproximaram do local da batida para prestar socorro, os dois começaram a atirar. Após acionar reforços, a PM conseguiu prender ambos. Ruan foi levado à 5ª Delegacia de Polícia (Área Central). O menor infrator acabou levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente. Segundo a Polícia Civil, ninguém ficou ferido durante a ação.
Segundo o coronel do 1º Batalhão da PM, Glaumer Araújo, o Parque da Cidade conta atualmente com 10 policiais militares para fazer a segurança da área de lazer. Eles atuam no posto comunitário e circulam no local com motocicletas e cavalos, durante todo o dia. “Mas ainda temos o apoio de outros batalhões, como o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), e da Rotam”, explicou o coronel. O administrador do Parque da Cidade, Paulo Dubois, informou que, nos fins de semana e feriados, dias em que a área tem o maior fluxo de pessoas — cerca de 80 mil —, a segurança privada é realizada por 21 vigilantes. Segundo ele, há um projeto, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública para reforçar esse contingente. “O nosso objetivo é instalar 53 câmeras de segurança, além de adquirir mais veículos, pois hoje só contamos com um carro para patrulhar todo o parque”, revelou Dubois.

Deixe uma resposta