Ad
Ad
Ad

A Organização Mundial de Saúde tem na ordem dos trabalhos destes dois dias o pedido de uma investigação que esclareça como o coronavírus se espalhou no mundo. Da União Europeia ao Japão, da Indonésia à Rússia, o mundo exige transparência. Um ato diplomático que pode ser ainda mais importante do que os resultados que venham a ser apurados

Pelo menos 116 países apoiaram e co-assinaram uma moção que pede uma investigação independente sobre a origem da pandemia de coronavírus. A iniciativa partiu da Austrália, cujo ministro da Saúde, Greg Hunt, representa o país nesta iniciativa. Prontamente contou com o apoio de todos os Estados-membros da União Europeia, Estados Unidos da América, Reino Unido, Canadá, Índia, Indonésia, Japão, Nova Zelândia, Rússia e pelo menos 50 países africanos.

A moção é um dos pontos da Assembleia Geral da Saúde (AGS), a reunião da Organização Mundial de Saúde (OMS) que junta todos os anos, no mês de maio e na Suiça.

Deixe uma resposta