Harmonização com Juliana Borges

Dicas de harmonização de vinho e comida.

Quando colocamos comida na nossa boca, as nossas papilas gustativas adaptam-se às características desse alimento,pelo que percepção dos níveis de açúcar ,sal,acidez,etc…do alimento que provamos a seguir pode ver-se alterada.
Em termos simples,ha dois componentes na comida(doçura e unami) que tendem a fazer com que os vinhos se sintam “mais duros”(mais amargos, mais ácidos,menos doces e menos frutados)e dois componentes(sal e acidez).

A doçura na comida

.Aumenta a percepção de amargor, acidez e o efeito ardente do álcool no vinho.

O Unami na comida

Diminui a percepção de corpo, doçura e frita no vinho

O Unami é um gosto saboroso ,distinto dos outros gostos básicos.
A acidez na comida

Dinimui a percepção de acidez no vinho.

O sal na comida

Aumenta a percepção de corpo no vinho.
Diminuiu a percepção de amargor e acidez no vinho
O amargor na comida

Aumenta o amargor no vinho.
A sensibilidade aos gostos amargos varia muito de pessoa para pessoa.

O picante na comida

Aumenta a percepção de amargor , acidez e o efeito ardente do álcool.
Diminui a percepção de corpo,riqueza e fruta no vinho
A intensidade das reações aumenta com o nível de álcool no vinho.O álcool aumenta também a sensação ardente do picante,algumas algumas pessoas
gostam desse efeito.
Espero que tenham gostado dessas dicas de harmonização!.

 

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios