Cultura por Wilma Magalhäes

Exposição de fotos realizadas por inglês desembarca na fronteira entre Brasil e Uruguai

 

Vai  cruzar a fronteira agora em julho a caminho do Uruguai? Então não deixe de visitar a exposição sobre o Frigorífico Anglo – tombado como patrimônio industrial em 2015 pela Unesco, no Shopping Melancia. A mostra começou dia 11 de julho e estará à disposição do público até 31 desse mês.

 

A exposição fotográfica “Paisagem Cultural Industrial Fray Bentos”, do fotógrafo britânico Ian Kemp. A exposição é organizada por iniciativa do Ministério do Turismo (MINTUR) com a Cooperação da Embaixada da Grã-Bretanha.

 

Esta herança única no mundo preserva a fábrica, escritórios administrativos, porto, currais e o bairro construído para acomodar os trabalhadores e gerentes da fábrica, produtora dos famosos Corned Beef. A exposição reflete a memória do que já foi conhecido como a “Grande Cozinha do Mundo” e a invenção do extrato de carne da Liebig, um extrato de carne conhecido como carne enlatada.

 

A Fray Bentos foi o carro-chefe desse avanço em todo o país e a amostra lembra da importância do complexo industrial na história do Uruguai. É uma homenagem ao Anglo, uma idade de ouro da modernização nacional durante boa parte do século XX. Esse foi o segundo reconhecimento da UNESCO no Uruguai, desde a primeira foi atribuído a Colônia del Sacramento, significa uma outra atração que incentiva a visita ao país.”

 

Sobre Rio Negro

 

Localizado a 379 km da capital uruguaia, o departamento de Rio Negro tem uma grande oferta turística. Nos últimos anos incorporou o turismo industrial, alternativa inovadora aplicada atualmente com muita frequência no mundo pelo setor.

 

  • A Paisagem Industrial de Fray Bentos: em 1863 se instalou o frigorífico – Liebig Extract of Meat Co., o antigo empreendimento causou uma revolução na região industrialmente mantendo seu apogeu no departamento até os anos 50. Após essa data passou por uma grave escassez, findando as suas atividades por definitivo. Em fevereiro de 2010 foi tombado pela UNESCO como Patrimônio Histórico Cultural da Humanidade;

 

  • Young: é a segunda cidade mais importante do departamento de Rio Negro, considerada a capital agropecuária do Uruguai, tem uma estação de trem fundada em 1910, tem estilo inglês e está desativada. Hoje é ponto turístico local, denominada de Paseo del Ferrocaril. Os turistas podem conferir também a beleza do teatro Young, fundado em 1913 e a Plazoleta Sardo.

Sobre Rivera

 

Rivera, fronteira com Santana do Livramento, é um destino mais conhecido pelos gaúchos. O departamento, de idioma peculiar, ficou muito famoso por seus free shops e comércios, transformando-se em referência e destino de compras.

 

Situado ao norte do Uruguai, sua capital oferece várias atividades culturais e comerciais:

 

  • Praça Internacional – Criada em 1943, em plena Segunda Guerra Mundial, é um monumento internacional à paz mundial e à convivência dos povos. A praça desenhada em um extenso espaço fronteiriço une o Brasil e o Uruguai. É visitada diariamente por centos de turistas.  

À esquerda, o Brasil; à direita, o Uruguai. A Fronteira da Paz é um trecho da fronteira brasileiro-uruguaia, que abrange as cidades de Rivera (Uruguai) e Santana do Livramento (Brasil).

  • Atrativos esportivos – amantes do futebol têm na cidade uma parada obrigatória: o Estádio Atílio Paiva Oliveira, uma das sedes da Copa América de 1995 e de importantes partidas da Copa Libertadores da América. Os fãs do automobilismo deverão estar atentos à agenda do Autódromo Municipal próximo ao Parque Grã-Bretanha, onde acontecem importantes atividades automobilísticas e provas de motociclismo.
  • Ir de compras – oferece aos turistas modernos free shops e centros comerciais, cujo principal objetivo é oferecer uma oferta completa, com promoções permanentes das diferentes empresas de qualidade internacional que estão instaladas ali.
  • Experimentar a gastronomia da fronteira – desfrutar da variada gastronômica é uma excelente pedida. Desde a típica cozinha camponesa e churrascarias, até o serviço da melhor cozinha francesa.

Rivera é um destino cheio de histórias, diferentes lugares podem ser considerados cantos de memória do local. Praças e museus são testemunhas da riqueza cultural e patrimonial do departamento. Visitar a região é uma verdadeira aventura entre um passado cheio de histórias e um presente comercial destacado. Mais informações no link:

http://turismo.gub.uy/index.php/pr/lugares-para-ir/regiao-norte/cidades/rivera

 

 

 

 

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios