Harmonização com Juliana Borges

O vinho e a comida devem completar-se . Nenhum deles deverá anular o sabor do outro. A a formação “Vinho tinto com carnes e brancos com peixe”… é mais do que verdadeira, mas há sempre a exceção que foge da regra . Com o bacalhau por exemplo, é uma delas , uma vez que os pratos mais pesados, com paladar mais acentuado, combinam perfeitamente com um bom vinho tinto. Para as receitas mais suaves recomendamos vinhos mais leves como os brancos, os tintos leves e espumantes. Com a rápida expansão dos tipos de vinhos e de vinícolas em todo o mundo escolher um vinho correto torna-se muitas vezes uma tarefa complicada. Atualmente no mundo existem mais de cinco mil tipos de uvas e o processo de produção dos vinhos varia amplamente , tornando os tipos de vinhos infinitos. Dentre das mais cultivadas … a cabernet sauvignon , merlot, e syrah, entre os tintos, e chardonnay e sauvignon,  entre os brancos, são os mais difundidos.

HARMONIZAÇÃO
A harmonização entre vinhos e comidas, é uma arte  também porque não existem regras para o que se deve escolher em primeiro lugar, se o vinho ou o prato a apreciar… isto depende muito do  momento, da comida, do local… e da companhia ..  Então, vamos usar o bom senso e brindemos com o que há de melhor…  Santè !!

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios